Coluna Clio

Extensão do Jornal Delfos-CE: http://jornaldelfos.blogspot.com.br/
Clio é a musa da História na Mitologia grega.

Temer na Cadeia Aécio na Cadeia

Temer na Cadeia Aécio na Cadeia
Copiem e colem em seus perfis

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

BRÍGIDA: BRUXA, DEUSA E SANTA


BRÍGIDA: BRUXA, DEUSA E SANTA

Ao longo da História percebermos como as palavras mudam tanto de sentido sem nos darmos conta. Mais um texto aqui de origens de palavras. Trago dez nomes de lugares e povos e seus respectivos possíveis significados iniciais ou palavras que elas em si possam ter dado origem. São elas: Magiar, Bruxelas, hacienta, Tostana, Tártaro, Saxônia, Boêmia, Sicília, Brabant e Bordeaux.

Das coisa mais interessantes nesse texto é que você vai encontrar as possíveis origens da palavra bruxa e bordel e ver que a palavra bravo, magia, ciganos, Tártaro e outras podem ter não apenas mais de um significado como também mais de uma origem. Por exemplo, a palavra Brígida tanto se aplica a uma deusa, como a bruxa como a uma santa, daí que veio esse título; e você verá como a significação inicial não tem na verdade nada a ver com nenhuma dessas três formas, é uma simples mudança das que tanto ocorrem frequentemente em todos os momentos da História. Então, é sempre bom ver um pouco de etimologia.

A etimologia é essencial para a melhor compreensão histórica. Como em termos práticos foi consegui desfazer a confusão histórica em que se encontrava minha cidade natal ao termos acesso ao significado  da palavra vila, que em Portugal significa cidade, para corrigirmos em 48 anos da contagem de emancipação de Pacoti, no Estado do Ceará.

É claro que o texto de um jornal antigo chamado “O Pacoti” é que foi a fonte, mas o erro só foi achado ao entendermos esse processo de mudança de significação etimológica não apenas em outros tempos, mas também em outros lugares.

“Etimologia (do grego antigo ἐτυμολογία, composto de ἔτυμον e -λογία "logia" ) é a parte da gramática que trata da história ou origem das palavras e da explicação do significado de palavras através da análise dos elementos que as constituem. Por outras palavras, é o estudo da composição dos vocábulos e das regras de sua evolução histórica.” (https://pt.wikipedia.org/wiki/Etimologia)

1-MAGIAR: nome de um povo europeu. De onde deve ter vindo o termo magia.

Os húngaros ou magiares são um grupo étnico originário dos Montes Urais que invadiu a Europa Central e estabeleceu-se na Bacia dos Cárpatos no século IX, fundando um Estado que seria posteriormente conhecido como Hungria. Hoje em dia, um dos elementos definidores da etnia magiar é a língua húngara.” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Magiares)

Mago ou magi (plural do termo persa magus, significando tanto "imagem" quanto "[homem] sábio", do verbo cuja raiz é meh, "grande", em sânscrito maha) é um termo usado desde o século IV a.C. para denotar um seguidor de Zoroastro, ou ainda, um seguidor do que a Civilização helenista associava com o Zoroastro, o que, em suma, era a habilidade de ler as estrelas e manipular o destino que elas previam. O sentido anterior ao período helenista é incerto. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Mago)

2-BRUXELAS: nome de uma cidade européia. Deve ter a mesma origem do termo bruxa.

“Na religião galo-romana, Bricta ou Brixta foi uma deusa gaulesa que era uma consorte do deus Luxovius, deus das águas de Luxeuil-les-Bains (na antiguidade, Luxovium). Nicholson (1999) sugeriu entretanto que se "Bricta é um título incorporando Bríg, pode na verdade ser um título atribuído à Sirona mais do que a uma deusa separada". (http://pt.wikipedia.org/wiki/Bricta)

BRÍGIDA, que significa luminosa, é uma deusa tríplice do fogo: o fogo da inspiração, da ferraria, da poesia, da cura e da adivinhação” (http://www.olhosdebastet.com.br/textos/BR%CDGIDA.htm)

O vocábulo "Bruxa" é de origem desconhecida, provavelmente de origem pré-Romana. No entanto, existe uma provável relação com os vocábulos proto-celtas: brixtā (feitiço), brixto (fórmula mágica), brixtu (magia); ou o Gaulês: brixtom,brixtia do qual deriva o nome da deusa Gaulesa Bricta ou Brixta” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Bruxa#Etimologia)

“(...) em neerlandês:Brussels Hoofdstedelijk Gewest; em francês: Région de Bruxelles-Capitale), é a capital de facto da União Europeia (UE) e a maior área urbana na Bélgica É composta por 19 comunas, incluindo a Cidade de Bruxelas, propriamente dita, que é a capital da Bélgica, Flandres e daComunidade Francesa da Bélgica” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Bruxelas)

Santa Brígida de Kildare ou Brígida da Irlanda (Brigit, Bridget, Bridgit, Bríd) ou até mesmo na Irlanda pode ser Naomh Bhríde(453 - 524) foi uma religiosa católica irlandesa, freira, abadessa, e fundadora de diversos conventos, que é venerado como santa” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Br%C3%ADgida_da_Irlanda) http://cargocollective.com/bruxia/Brixta

3-HACIENTA: propriedades enormes como fincas e estâncias na era pré-industrial. Daí deve ter vindo o nome fazenda e assentamento. Já em espanhol gerou a palavra hacer que significa fazer. (http://pt.bab.la/dicionario/espanhol-portugues/haciendo).

4-TOSCANA: cidade italiana. Parece vir daí a palavra tosco.

“A Toscana (em italiano Toscana) ou Toscânia é uma região daItália central com cerca de 3,7 milhões de habitantes” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Toscana)

5- TÁRTARO: um povo. “(...) em tártaro: Tatarlar, no alfabeto cirílico: Татарлар) são um grupo étnico turcomano estimado em 10 milhões de pessoas no fim do século XX.” 

(http://pt.wikipedia.org/wiki/T%C3%A1rtaro_(mitologia)) (http://pt.wikipedia.org/wiki/T%C3%A1rtaros)

Nome da parte do submundo grego onde os pecadores recebiam suas punições eternas (o Hades era dividido em 3: 1. Rio Queronte- onde ficava a maioria das almas e por onde o barqueiro Arqueronte conduzia as almas recém chegadas até o deus Hades- 2. O Monte Eleuses ou Elísio- um monte muito bonito e de clima ameno onde ficavam as pessoas que em vida tinham sido boas- 3. O Tártaro- local das punições eternas das almas.

6 SAXÔNIA: o nome dessa cidade pode ter vindo de saxões, um povo celta.

Na antiguidade existiu um povo chamado saxânida que derrotou os parcos (esses derrotaram o general romano Crasso, daí o termo erro Crasso) e com Xabur derrotou três imperadores romanos (Valeriano em 200 d.C., Felipe em 207 d.C. e Gordiano em 244 d.C.). 

(http://colunaclio.blogspot.com.br/2012/02/xabur-persia-e-grecia-versus-roma.html)

A Saxônia (português brasileiro) ou Saxónia (português europeu) (em alemão:Sachsen; em alto sorábio: Sakska), oficialmente Estado Livre da Saxônia (alemão: Freistaat Sachsen; alto sorábio: Swobodny stat Sakska) é um dos 16 estados federados (Länder) da Alemanha, no leste do país. Sua capital é Dresden (Dresda).” 

(http://pt.wikipedia.org/wiki/Sax%C3%B4nia)

7 BOÊMIA: essa palavra ganhou o termo de esbórnia e deu nome até a cerveja, música e poesias por ser associada aos ciganos que não tinham local fixo para morar.

Ciganos é um exônimo para roma (singular: rom; em português, "homem") e designa um conjunto de populações nômades que têm, em comum, a origem indiana e uma língua (o romani) originária do noroeste do subcontinente indiano. Também são conhecidos, em português, pelos termos boêmios, gitanos, calons, e quicos.” 

(http://pt.wikipedia.org/wiki/Ciganos)

“(...) (Čechy em língua checa, Böhmen em alemão) é uma região histórica da Europa Central, ocupando os terços ocidental e médio da actual República Checa. (...)

O nome Boémia deriva de Boihaemum ou casa dos Bóios, povo celta que migrou para esta região no início do século V a.C. (Referência:John Haywood: The Celts - Bronze Age to New Age).” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Bo%C3%A9mia)
“(...) no século XV, passou a significar também 'cigano' ou membro de tribos nômades supostamente originárias da Boêmia; no século XVII,bohème passa a designar também o indivíduo "que leva uma vida desregrada" (http://pt.wikipedia.org/wiki/Bo%C3%A9mia_(estilo_de_vida))

8 SICÍLIA: “A Sicília (em italiano e siciliano Sicilia) é uma região autônoma com estatuto especial da Itália meridional com 25 710 km² e 5,1 milhões de habitantes, cuja capital é Palermo.” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Sic%C3%ADlia)
Cecília, uma ordem de anfíbios./ Cecília, quadro de Henrique Pousão./ Nome popular dado ao anfíbio conhecido como cobra-cega.” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Cec%C3%ADlia)
Pode ter vindo de Sicília o nome Cecília e só depois pego outros significados.

9 BRABANT: Pode ter se originado da palavra bravura e suas variantes; como brabo e bravo.  
Bravo talvez possa ter vindo de: bárbaro, pravus (latim), brabeion (grego), Briabe (província de Corunha), ou Brave (um lugar da Gálea).

Brabante do Norte ( Dutch : Noord-Brabant [nʊ/ rd] brabɑnt   desde 2001 Brabant também é usado oficialmente, é uma província da Holanda , localizada no sul do país, fronteira com a Bélgica 's Antuérpia e Limburgo províncias do sul, o Rio Mosa (Maas), em ao norte, eLimburg , no leste e Zeeland , no oeste.” 

(http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://en.wikipedia.org/wiki/North_Brabant&prev=/search%3Fq%3DBRABANT)

10: BORDEAUX
Automaticamente pensei na palavra bordado, mas ao que parece é do francês antigo bordel, já bordado vem de bordar no sentido de "entretecer"; esp[anhol] e portugues antigo broslar, conexo com o catalão brodar, occitano antigo broidar e brodar, francês broder, italiano brustare; (...) ; forma históricas sXV borlar, sXV brolado, sXV broslado, 1567 bordar, 1712 bordado».”
E bordar “deriva do germânico bruzdôn (latim) brosdare, com alteração do grupo raro -sd- para -sl-, donde português medieval broslar, depois, com troca de sl por rl, brorlar e, por dissimilação, broslar; daí, com assimilação do s ao l,variantes do sXV brollar e sXVI bordar, sempre no sentido de "ornar (pano, estofo, tela) com fios de algodão, lã, ouro etc."; as variantes broslar e bordar coexistem até o sXVIII, quando broslar e derivações caem em desuso; na tradição lexicográfica portuguesa, este verbo bordar e o verbo homônimo derivado de borda + ar "seguir junto à borda de, orlar, margear, delimitar as margens" reúnem-se sob um mesmo verbete; o elo semântico entre os dois vocábulos não justifica, porém, que se deixe de levar em conta suas origens distintas; (...) ; forma histórica sXV borlar, sXV brolado, sXV broslado, 1567 bordado».”

“Bordel/ Do francês antigo bordel (“casa pequena” ou “cabana”), bordellum no latim medieval, diminutivo de borda, do proto-germânico bord.” 

(http://pt.wiktionary.org/wiki/bordel)”

Bordéus é a capital e a maior cidade do departamento da Gironda, no sudoeste de França. É um porto na margem sul do rio Garona. Tem cerca de 236 mil habitantes e 1105000. Designou-se Burdigala na antiguidade (...)
Bordéus foi fundada no século III a.C. com o nome de Burdigala devido aos Bituriges Vivisques, uma tribo gala da região deBourges. O primeiro povoado era situado na foz do rio Devèze, afluente do rio Garona. Etimologicamente Burdigala pode ser um nome aquitano: Burdisignificava ferro e gala (ver: galena) o qual se traduz por «fundição», portanto poderia significar fundição de ferro, designando deste modo o lugar onde se forjavam as armas e objetos da vida quotidiana. O nome evoluiu para Bordigala,Bordèu em gasconhês e Bordeaux em francês. Em português evoluiu para Bordéus.”

Para saber mais:

De leitura complementar indico:
Livros:

“A era das revoluções” do historiador Eric Hobsbawm
“O prícipe” de Maquiavel
“Os celtas”ed. Melhoramentos
“Os vikings” Idem.
“Os Saxões” Idem.
“Os Normandos” Idem.
“O Anticristo” de Nietzsche
“Etmologia da moral” Idem.
“Assim falava Zatustra” idem.
“O mundo assombrado pelos demônios” de Carl Sagan

Revistas:
“Aventuras na História “Edição especial sobre os celtas sobre os celtas”. da ed. Abril
“Superinteressante :o livro das mitologias: um guia completo de deuses, heróis e lendas”. Idem.

Documentários:
“Os bárbaros” apresentada pelo antropólogo Terry Jones. TV Escola
“Como a arte moldou o mundo” apresentada pelo historiador Dr. Nigel Spivey. Idem.
“A História da Palavra”. Idem.
“Batalha dos deuses” History Channel
“Batalhas A.C.”. Idem.


ATEU POETA
O QUESTIONADOR
08/08/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário